O conteúdo de hoje não é para corrigir erros em estruturas de inglês ou similar, mas sim propor a você um reflexão muito importante dos 5 erros mais comuns entre estudantes de qualquer nível da língua inglesa. Isso o ajudará a encontrar qual pensamento ou hábito você tem que faz com que você esteja com dificuldades em aprender o idioma. Reflita e veja se está cometendo algum desses erros:

1. Não praticar ou rever o que aprendeu


Muitos estudantes tem dificuldades de memorizar o que estudaram e se dão conta disso quando se vêem estudando muito um conteúdo específico num dia e no outro dia dá aquele branco quando vão tentar praticar o que aprendeu. Primeiramente, quero deixar claro que isso é natural porque somos seres humanos e não computadores. Além disso, é muita informação para absorver quando se está aprendendo um novo idioma e é praticamente impossível lembrarmos de tudo corretamente. Por isso, adotar o hábito de praticar e rever o que você aprendeu são estratégias de estudos importantes para te ajudar a se lembrar melhor das coisas.

O hábito de praticar é importante porque temos duas formas de usar o idioma: passivamente e ativamente.

Usar o idioma passivamente, significa fazer o input do idioma, isto é, consumir informações por meio da audição (listening) e  da leitura (reading).

Usar o idioma ativamente é o oposto, uma vez que você faz o output do idioma, isto é, você pratica as informações que consumiu, por meio da fala (speaking) e da escrita (writing), criando frases para expressar ideias.

Muitos estudantes erram em fazer somente o input de inglês se esquecendo de praticar o que está consumindo e acabam tendo dificuldades quando tiverem que falar ou escrever no idioma. Por isso, tente praticar a fala e escrita o quanto puder. 

Se estiver estudando o future tense, por exemplo, tente contar uma história sobre os seus planos para o futuro. Praticar o inglês ativamente é uma excelente maneira de ganhar confiança no idioma e lembrar de todo o conteúdo que está consumindo.

Além de praticar o conteúdo estudado, outra maneira de alavancar o seu desempenho no idioma é rever o que estudou. Isso envolve assistir um vídeo novamente, ler um texto novamente ou até mesmo consultar o seu caderno com a matéria que aprendeu anteriormente. Para desenvolver esse hábito de revisão, você pode passar alguns minutos revendo o conteúdo estudado anteriormente, toda vez que você iniciar um novo aprendizado no inglês e, uma vez por semana não estude nenhum conteúdo novo, invés disso, reveja tudo o que aprendeu na semana que passou.
Não esqueça de praticar e rever tudo o que você aprende, se quiser ter os melhores resultados em seus estudos!😊

2. Focar muito em apenas uma área de aprendizado, ignorando as outras


Se você quer ser fluente em inglês você tem que ser bom em todas as áreas do idioma: ler (reading), ouvir (listening), falar (speaking), escrever (writing), gramática (grammar) e vocabulário (vocabulary)

Muitos estudantes cometem o erro de focar em apenas uma ou duas áreas do aprendizado em inglês, ignorando as outras e acabam "deficientes" em outras áreas. Exemplo disso é que talvez você tenha um bom vocabulário mas sua gramática é cheia de problemas, ou talvez você consiga ler bem um texto mas você mal consegue falar em inglês e assim por diante. 

O ideal é que você tente fazer um equilíbrio em todas as áreas do aprendizado. Como? 

Bem, você pode dedicar um dia da semana pra cada aspecto do aprendizado. Por exemplo, na segunda-feira você pratica ler (reading), na terça ouvir (listening)e assim por diante. Não se esquecendo de deixar um dia para praticar e rever tudo o que aprendeu. Você pode e consegue que eu sei! 😉

3. Ser um estudante "turista"


Sabe aquele aluno que você não vê sempre na aula, parece mais que está fazendo um turismo? 

Pois esse é um erro que muitos estudantes cometem quando estão aprendendo o inglês. Parar e iniciar seus estudos por várias vezes não trará sucesso em seus estudos e irá acabar fazer você sentir frustrado ou com pensamentos equivocados de que você não consegue aprender inglês ou que inglês é muito difícil, etc. 

Para ter um ótimo progresso em seus estudos de inglês, deve haver disciplina e determinação. Você tem que estar comprometido com o seu aprendizado, não importa quanto tempos você possui para se dedicar por dia. Todos os dias esse tempo deve ser usado a seu favor. Manter uma consistência de estudar regularmente e fazer um pouco que seja por dia, fará com que você tenha progresso (proporcional a sua dedicação).

O progresso não pode ser feito quando estamos satisfeitos com as situações existentes. (Taiichi Ohno)

4. Não estudar de um jeito agradável


Aprender e dominar um idioma estrangeiro leva muito tempo, diria anos. Por isso, é muito importante que você estude de um jeito que seja agradável para você. 

Não adianta ler um livro que você não gosta do assunto, ouvir musicas ou filmes que não são de seu interesse, nem usar softwares que você acha complicado de lidar. 

O ideal é aprender com aquilo que você gosta em seu idioma nativo, seja por meio de entretenimento, esportes, filmes ou outros recursos do qual você se identifica. 

Somos seres heterogêneos. Todo mundo é diferente e gosta de coisas diferentes. Cada um aprende melhor em diferentes maneiras. Você precisa encontrar o que é mais fácil e mais divertido pra você.

Quando você faz algo que gosta tem mais chances de você fazer isso com uma frequência e consistência maior por muito tempo e, esse é o jeito de fazer grandes progressos em inglês.

5. Não aprender com os erros


Muitos estudantes se sentem mal quando cometem erros em inglês, mas o que eles não sabem é que cometer erros é um dos melhores jeitos não só de aprender um novo idioma mas também qualquer coisa na vida. Um dos motivos pelo qual a maioria dos poliglotas conseguem fluência em vários idiomas é justamente por não ter medo de errar ao ter que praticar o idioma e aprender com estes erros. É muito importante cometer erros no processo de aprendizado e saber aprender com eles, assim o seu nível de aprendizado no idioma terá progressos notáveis. Para que você saiba como aprender com os seus erros, aqui vai algumas dicas:

  •  Permita-se errar


Primeiro de tudo, tenha em mente que você precisa errar e permita-se a isso.  Até máquinas erram, por quê você não pode? Desencana!. É como diz uma música: "Todo mundo erra sempre, todo mundo vai errar". Pode ter certeza que, aprendemos muito mais com os nossos erros do que com nossos acertos, porque ao errar temos que identificar e entender o que está errado para fazer o correto. 

  • Conheça os seus erros

Quando errar, busque saber o porquê errou, qual seu maior erro, porquê é um erro e quais os erros mais comuns no idioma que está aprendendo. Você não precisa focar em todos os erros que comete ao mesmo temo, até porque seria muito difícil, então foque nos menores. Start small!


  • Organize os seus erros

Organize e priorize os seus erros, mas não faça tudo de uma vez ao mesmo tempo. Analise seus erros e escolha alguns para estudas. Alguns exemplos são:

    • Estude aquelas palavras homofônicas, que são similares em sua pronúncia, mas não em sua escrita e significado. 
    • Procure iniciar por erros fáceis de consertar, porque isso fará com que você tenha mais confiança no inglês.
    • Estude aqueles erros de pronúncia que causam muita confusão e ruído em conversas. Sabe quando você fala algo em inglês e a outra pessoa não tem ideia do que você está querendo dizer? Provavelmente ouve uma falha na comunicação por conta da pronúncia e uso indevido de uma palavra. Se você comete erros gramaticais em uma conversa, muitas vezes não impede da outra pessoa entender o que você quis dizer. É o mesmo que, por exemplo, um americano dizer "Eu gostar carnaval", ele falar essa frase com erro gramatical não impede de entendermos que ele gosta de carnaval. Ficaria difícil de entender que ele gosta de carnaval, se ele trocasse o verbo e falasse algo como "Eu gozar carnaval", nesse caso, além de se expressar erroneamente, iria causar uma situação embaraçosa.
    • Estude os erros que você mais comete em inglês.

  • Aprenda com os seus erros

Tente consertar seus erros, quando estes forem identificados. Algumas maneiras de corrigir os seus erros são:

    • Praticar. Porque é praticando que se aprende. Seja praticando com um professor ou amigo, peça para que você seja avisado quando cometer um erro. 
    • Pesquise. Aqui em nosso site tem vários conteúdos sobre erros de inglês e como corrigi-los. 
    • Se for um erro de pronúncia. Tente gravar você falando para depois comparar com o correto. Além de fazer com que você mesmo identifique qual foi seu erro ao falar.
    • Corrija seus erros em um momento apropriado, isto é, quando estiver conversando com amigos ou estiver estudando. Tentar consertar seus erros em uma reunião ou seminário, por exemplo, não será conveniente.

  • Controle os seus erros

Procure anotar os seus erros para saber o que você erra com frequência para que você pare de errar. Anote-os em um caderno para que você veja o que está errando e qual é a forma correta. Assim, você terá controle  da situação e poderá acompanhar o seu progresso quando ir parando de errar. Além disso, o seu cérebro estará sendo exercitado em reconhecer o que está errado e o que é o certo.



Para cada erro apontado no conteúdo de hoje temos soluções presentes em vários outros conteúdos pelo site, que te ajudará a prevenir ou superar os erros. Bons estudos!😊
See ya!